Aprendendo a viver

Aprendendo a viver

Desde o momento em que decidi “trabalhar” com crianças deficientes, nunca duvidei de quão enriquecedora e maravilhosa essa experiência seria e como iria contribuir para minha vida.

Estando aqui, pude observar de perto a vida dessas crianças; como, apesar das dificuldades físicas, eles mostram um sorriso e surpreendem-nos de várias maneiras.

como, apesar das dificuldades físicas, eles mostram um sorriso e surpreendem-nos de várias maneiras.

Esta oportunidade que estou vivendo é especial em todos os aspectos, quero dizer: a cultura, a cidade, as pessoas, os colegas de trabalho e o próprio trabalho.

Estou feliz por fazer parte de um grupo que oferece um serviço com amor, tornando-me um pequeno grão de areia para ajudar na vida de cada um dos filhos de ALEH.